O profissional de saúde sofre cada vez mais com condições precárias de trabalho, remuneração insatisfatória e carga horária exaustiva. 

Assim, as condições da saúde física e mental desses profissionais podem estar cada vez mais comprometidas, devido a esses fatores.

Síndrome de Burnot e os profissionais da saúde:

Desse modo, artigos mostram que o esgotamento profissional ou síndrome de burnout, é a doença que mais acomete o profissional de saúde.

Assim, essa enfermidade resultante do estresse ocupacional prolongado, apresenta três principais características: exaustão emocional, despersonalização e sentimento de ineficácia profissional.

Dessa forma, a grande exposição ao sofrimento, à morte, as grandes demandas físicas e emocionais e a missão de salvar vidas são geradores dos estresses, responsáveis pelo aparecimento de sintomas depressivos.

E ainda, os distúrbios mentais podem evoluir para números alarmantes de suicídio entre esses trabalhadores.

A relação entre o pensamento suicida e burnout é reversível, uma vez que, após a recuperação da síndrome, o risco de suicídio cai. 

Quando o assunto é a saúde física dos atuantes na área da saúde, as doenças musculares, ósseas e as relacionadas a visão são as mais encontradas.

Baixa qualidade de vida do profissional de saúde é um risco:

O comprometimento da qualidade de vida dessa classe de colaboradores, pode interferir de forma impactante na sociedade. Principalmente mediante os possíveis erros médicos muitas vezes irreparáveis. 

Em resumo a fadiga profissional e os fatores relacionados, levam ao desgaste do profissional de saúde, colocando sua vida em risco.

Diante disso, destaca-se a importância de medidas de intervenção para melhorar da qualidade de vida desses profissionais.

Proporcionando a eles apoio emocional, remuneração e descanso adequados. E acima de tudo, condições dignas e seguras de trabalho.

Leia o artigo completo em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v40n110/0103-1104-sdeb-40-110-0244.pdf
Acesse o site da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira) e saiba como a homeopatia pode contribuir com o profissional de saúde.