A Live do canal da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira), na rede social do You Tube, teve a participação internacional do Dr. Gustavo Cataldi, Presidente da Liga Médica Homeopática Internacional (LMHI) que comentou sobre a teoria e prática da homeopatia em tempos de pandemia, além de mostrar os trabalhos dos médicos homeopatas internacionalmente.

O Dr. Gustavo Cataldi, comenta que mesmo em países mais desenvolvidos, a pandemia de COVID-19, não trouxe apenas confusão e caos nos sistemas de saúde pública, como também produziu incertezas sobre a prática e os fundamentos teóricos na comunidade homeopática.

Desse modo, o presidente da LMHI, mostra a atuação dos profissionais homeopatas diante a pandemia de COVID-19.

<<LEIA TAMBÉM: Homeopatia na COVID-19 – Lançamento da plataforma de atendimento>>

Objetivos da Liga Médica Homeopática Internacional

O Dr. Cataldi, apresentou os objetivos da LMHI, os quais se fundamentam em difundir de modo coerente informações averiguadas e seguras, para os profissionais homeopatas. E ainda, melhorar a qualidade dos relatos de caso, por meio da compilação dos dados e dos resultados clínicos observados. Além de, disseminar para a sociedade informações relevantes sobre a homeopatia.

Estudos realizados pelos profissionais homeopatas da LMHI diante a pandemia de COVID-19:

O homeopata André Saniné, realizou um estudo sobre a totalidade dos sintomas do atual COVID-19. Onde elenca os medicamentos possíveis do gênio epidêmico. Os quais apareceram: Arcenicum Album; Lachesis; Phosphorus; Sulphur; Bryonia Alba, entre outros.

Do mesmo modo, os especialistas homeopatas da LMHI, estão trabalhando em pesquisas diante o atual COVID-19. E um desses estudos abrange as coletas de dados clínicos sobre a doença.

<<LEIA TAMBÉM: Epidemiologia Clínica Homeopática nas epidemias – Aula 2>>

O COVID – 19 parece não ter apenas um medicamento do gênio epidêmico.

Na sequência, foi realizada a repertorização dos sintomas do COVID-19. E ainda por meio da aplicação de estatísticas, observa-se as probabilidades em relação aos tratamentos homeopáticos.

Em relação a esse estudo, até o final de maio deste ano, já foram recolhidos 161 casos clínicos. Os medicamentos homeopáticos mais prescritos dentre esses casos, foram: Bryonia, Gelsemium, Arcenicum Álbum, Phosphorus e Cânfora.

Possibilidades preventivas no COVID-19

Em relação a profilaxia contra o atual COVID-19, é relativamente complexa. No entanto, elencou-se 4 possibilidades para aplicação dessa prevenção. Os quais partem da observação dos sintomas, mas que ainda devem ser avaliados a posteriori.

Com isso, dentro dos medicamentos do gênio epidêmico, o uso como profilático da Cânfora, é uma possibilidade.

Entretanto, surge a dúvida diante os homeopatas, em relação a qual o melhor medicamento possivelmente preventivo, o qual deve fornecer cobertura total aos sintomas, mesmo que para isso, seja necessário a aplicação de um complexo dos eleitos do gênio epidêmico. 

Além disso, algumas teorias sugerem o uso de nosódio, como medida profilática.

E ainda, a última alternativa, que de acordo com o Dr. Cataldi, é a medida de proteção mais apropriada, seria a elevação dos recursos imunitários do paciente.

Por fim, o Dr. Gustavo Cataldi, comenta sua experiência própria, na prática clínica diante o tratamento de pacientes com COVID-19. Onde a escolha do medicamento homeopático, deve partir do repertório homeopático, considerando os sintomas apresentados pelos seus pacientes.

<<LEIA TAMBÉM: Congresso Nacional de Homeopatia – CONABRAH>>

A liga internacional tem grande importância na intercomunicação dos profissionais homeopatas internacionais.

A LMHI disponibiliza os seus estudos e pesquisas clínicas, pela internet. Desse modo, a liga tem papel fundamental na difusão dessa prática médica em vários níveis. Mostrando a importância de se instalar o uso da homeopatia no tratamento das epidemias, de forma oficial em todo mundo. Se associe a LMHI: https://www.lmhi.org/ 

A AMHB está atuando no combate ao COVID-19.

Em conclusão, o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho, Vice-presidente Sudeste da AMHB, comenta que no Brasil, a AMHB está atuando no combate a pandemia de COVID-19. Acompanhe os trabalhos da AMHB: https://amhb.org.br/, e assista a essa Live completa em: https://www.youtube.com/watch?v=bo3Z8fsPJic