Diversos estudos já provaram que o estresse é um fator de risco para o câncer e sua propagação, no entanto, ainda não possível provar se o estresse crônico causa câncer.

A reação de luta e fuga é uma reação natural em situações de estresse, que acontece quando o corpo enfrenta uma possível ameaça, como um barulho repentino ou o farfalhar de arbustos. Nesse momento o organismo libera cortisol, adrenalina e outros hormônios quando pego de surpresa ou assustado. Logo a pressão arterial e a frequência cardíaca aumentam por causa da adrenalina.

Já o cortisol o hormônio do estresse primário, provoca o aumento dos níveis de açúcares e glicose no sangue. Normalmente os níveis hormonais e de açúcares no sangue, a frequência cardíaca e a pressão arterial voltam ao normal, quase, que imediatamente. Entretanto, nos casos de estresse regular as respostas ao estresse nem sempre são interrompidas.

O estresse crônico enfraquece o sistema imunológico deixando o organismo vulnerável

O estresse pode acelerar a propagação do câncer em todo o organismo, principalmente de câncer de ovário, mama e colorretal. Pois, quando o corpo fica estressado libera neurotransmissores como a noradrenalina que estimulam as células cancerígenas. Esta estimulação faz com que as células cancerígenas sejam capazes de se espalhar, se adaptar em novos ambientes dentro do corpo, escapar da morte, além de permitir que elas se desenvolvam em outros locais.

<<LEIA TAMBÉM: Ascensão da homeopatia>>

O estresse crônico também enfraquece o sistema imunológico, que sofre em função do tratamento contra o câncer. Visto que o organismo se torna mais vulnerável as doenças e problemas de saúde por causa do sistema imunológico enfraquecido.

O estresse crônico também pode causar depressão e ansiedade, assim como uma percepção negativa da vida pode afetar a mente e o corpo. Pessoas que sofrem com ansiedade e depressão, geralmente, administram mal o estresse causado por comportamentos prejudiciais. Por isso alguns controlam o estresse bebendo ou fumando, enquanto outros comem demais.

Depressão causa fadiga, o que muitas vezes resulta na ausência de exercícios físicos. Hábitos que causam muitos problemas de saúde, inclusive câncer.