AMHB se manifesta favorável à aplicação de todas as medidas de prevenção contra a COVID-19, incluindo a vacina, reconhecidas pela ciência e aprovadas pela ANVISA e Ministério da Saúde.

Conforme informe sobre a COVID-19 da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) publicado recentemente, a mensagem sobre as vacinas é de otimismo. Várias delas estão em fase 3 de pesquisa clínica (a última fase para serem aprovadas) e algumas já receberam autorização de uso emergencial em alguns países desde o início de dezembro/2020. No Brasil, elas poderão ser utilizadas somente após a aprovação da ANVISA.

A vacinação no Brasil também dependerá da logística, que inclui transporte das vacinas adequadamente refrigeradas, conforme cada uma delas exige, bem como a compra e distribuição pelo Ministério da Saúde. Enfim, é fundamental que tenhamos vacinas eficazes e seguras no Brasil nos próximos meses.

A Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB), que representa a classe médica homeopática brasileira, juntamente às suas federadas, compactua desse posicionamento, lembrando que é totalmente favorável à aplicação de todas as medidas de prevenção (incluindo a vacina) e de tratamento reconhecidos pela ciência e aprovados pelos órgãos legisladores de saúde contra a COVID-19.

<< Veja também  tudo sobre a Homeopatia no combate ao Covid-19>>

Referências bibliográficas: Sociedade Brasileira de Infectologia. Atualizações e recomendações sobre a COVID-19. São Paulo: Sociedade Brasileira de Infectologia.
Disponível em: https://infectologia.org.br/pandemia-covid-19/.
Acesso em: 09/12/2020.