A Dra. Mônica Souza Médica Veterinária Homeopata e diretora da Sigo Homeopatia Veterinária, da cidade de Campo Grande no Mato Grosso do Sul, foi uma das convidadas da Live da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira) transmitida pelo You Tube, comenta o que a homeopatia pode fazer pelos animais de produção.

<<LEIA TAMBÉM:Homeopatia Veterinária em animais exóticos>>

Homeopatia Veterinária: Terapia anti-estresse

Antes de tudo, a homeopatia proporciona redução do estresse animal, causado principalmente pela intensificação das produções. Dessa forma, os animais tratados com a homeopatia, possuem melhor qualidade de vida e produzem mais.

Além disso, a homeopatia tem a vantagem de ser fornecida na alimentação, como também pode ser administrada na água. Isso facilita o manejo reduzindo o estresse e garantindo a efetividade dos medicamentos.

<<LEIA TAMBÉM:Saúde física e mental do profissional de saúde>>

Homeopatia não é placebo:

Contudo, o uso da homeopatia veterinária em grandes rebanhos comprova que essa terapia tem efeitos positivos, que refletem na produção e na saúde animal.

A homeopatia veterinária é muito utilizada no controle da mastite em vacas leiterias. A mastite é a infamação do úbere das vacas, que causa danos a produção e a qualidade do leite, além de causar mal estar e dor nesses animais.

Desse modo, o uso da homeopatia leva a redução gradual dos valores avaliados durante essa inflamação, que são as células somáticas. Por outro lado, o uso do tratamento convencional, feito com antibióticos, faz somente a redução temporária desses indicativos. Não sendo efetivo a longo prazo e encarecendo a produção, uma vez que com o uso de antibióticos o tempo de carência de descarte do leite deve ser respeito.

Controle de parasitas por meio da homeopatia

Da mesma forma, o tratamento convencional para os carrapatos nos rebanhos são feitos com venenos. Que garantem um efeito a curto prazo. Expondo os animais ao risco de intoxicações, diminuindo a imunidade desses e ainda, sendo provável a contaminação do solo.

Entretanto, o controle de ectoparasitas por meio da homeopatia é seguro e eficaz. O medicamento homeopático não possui nenhum risco ou residual nos produtos de origem animal. Além disso, possui uma ação prolongada pois fortalece o individuo e não mata o parasita. Torna assim os animais mais tolerantes a infestação e até mesmo a doenças transmitidas por esses parasitas.

<<LEIA TAMBÉM:Homeopatia é resposta para quem busca medicina humanizada>>

Redução de doenças em rebanhos com a homeopatia veterinária:

A homeopatia também contribui na redução da perda de bezerros devido a diarreia. Que anualmente causa grandes prejuízos na pecuária. Dessa forma, por meio do tratamento das fêmeas gestantes é possível garantir uma melhora da imunidade desse filhotes.

Acima de tudo, a homeopatia também atua no alívio do estresse de bovinos confinados na fase de engorda. Etapa final da produção que merece atenção e cuidado com os animais.

Já nos suínos, trabalhos realizados mostram a ação da homeopatia no comportamento das fêmeas durante o parto. Com o uso do medicamento homeopático, as fêmeas prenhes tiverem os partos durante o dia, o que é considerado normal para os suínos de vida livre, mas que não ocorre dentro das granjas, devido aos fatores estressantes. Com a medicação homeopática isso se tornou possível, reduzindo a demanda por mão de obra.

E ainda, a homeopatia consegue atuar diante de desastres como na cidade de Mariana em Minas Gerais. E também auxiliar no controle das epidemias. Atualmente é possível ver os benefícios da homeopatia na atual pandemia de COVID-19, no Brasil e em vários países. Saiba mais sobre a ação da homeopatia.