No Brasil a homeopatia se tornou uma especialidade médica reconhecida no ano de 1980. No entanto, é recente e escassa o ensino dessa prática dentro das faculdades de medicina. Como consequência, a homeopatia ainda não consegue alcançar toda a população.

<<LEIA TAMBÉM:O significado singular do adoecimento e outras dignidades conceituais em ciência*>>

A presença da homeopatia nas faculdades brasileiras:

Desse modo, a homeopatia não é uma disciplina obrigatória na grande maioria das escolas de medicina do Brasil. Assim muitos profissionais se formam sem ter ao menos conhecido a homeopatia. E ainda, a falta desse contato, leva a construção de ideias equivocadas sobre a real eficacia dos tratamentos homeopáticos. Distanciando e desencorajando os médicos a realizarem as prescrições.

Da mesma forma, a falta de conhecimento dificulta a relação entre os médicos homeopatas e não homeopatas. A homeopatia é uma medicina integrativa, que beneficia muito os pacientes. E pode ser uma ótima aliada na maioria dos tratamentos convencionais. O desconhecimento sobre a medicina alternativa, seria uma das razões para os médicos não discutirem com seus pacientes a respeito do uso dessa e de outras terapêuticas.

<<LEIA TAMBÉM:As Práticas Integrativas tem o apoio do Conselho Nacional de Saúde.>>

Homeopatia no SUS

Assim, com a implantação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de saúde (SUS) no ano de 2006, os tratamentos homeopáticos ganharam espaço e reconhecimento.

Mas, essa ampliação necessita cada vez mais de profissionais qualificados. E ainda de uma equipe que conheça e entenda a importância da medicina não convencional para a saúde da população.

Sobretudo a ampliação ao acesso a essas práticas requer a construção de projetos de educação que divulguem a cultura homeopática de forma mais ampla e sistematizada. Para isso, as faculdades de Medicina constituem um espaço privilegiado para promover essas atividades.

<<LEIA TAMBÉM:Informe AMHB sobre a vacinação contra COVID-19>>

Incentivem a homeopatia nas faculdades:

Apesar da presença da Homeopatia dentro das faculdades ser pouco frequente, o incentivo constante sobre o conhecimento dessa medicina deve partir principalmente dos homeopatas. Difundir a curiosidade sobre essa alternativa tão benéfica é um caminho que pode gerar resultados positivos. Formando médicos adeptos a medicina alternativa, que garantem qualidade de vida a toda sociedade.

Entretanto, a produção científica dos homeopatas que estão nas universidades, ainda que reduzida, é bastante significativa, demonstrando os resultados do trabalho conjunto entre homeopatas e outros pesquisadores da saúde.

<<LEIA TAMBÉM:Homeopatia e Agronomia>>

A homeopatia dentro das faculdades:

Desse modo, um estudo feito com informações de 115 faculdade de medicina do país, mostrou um panorama da oferta de atividades acadêmicas relacionadas com a homeopatia.

Dentre essas, no ano estudado, 17 ofereciam atividades relacionadas com a prática homeopática. Entre elas estão:

Faculdade de Medicina da UFF

Faculdade de Medicina da USP

Curso de Medicina da Unifesp

Faculdade de Medicina de Jundiaí

Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp

Curso de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes

Curso de Medicina da Unaerp, entre outras.

Assim como, no site da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) é possível encontrar alguns textos sobre a história da introdução da Homeopatia em algumas faculdades de Medicina, como USP, UFPE e Unifesp.

Nesse sentido, a faculdade Unirio, é um exemplo para a ampliação dessa prática. Além das disciplinas obrigatórias oferecidas aos alunos, implantou a primeira residência médica em Homeopatia do País.

Mas, durante o mesmo estudo foi observado que 35 faculdades, não ofereciam nenhum tipo de atividade que envolvia a homeopatia. Em resumo, é evidente a necessidade de difundir a cultura homeopática dentro do meio acadêmico.

Clique aqui e veja esse trabalho completo e todas as faculdades que oferecem atividades relacionadas a prática homeopática.
Para saber mais sobre a homeopatia acesse o site da AMHB.