A 20° edição do CONABRAH – Congresso Nacional de Homeopatia da ABRAH (Associação Brasileira de Reciclagem e Assistência em Homeopatia) teve um trecho da abertura transmitido pelo canal da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira) pela rede social do You Tube.

Congresso Nacional de Homeopatia da ABRAH – Avanços da homeopatia clássica sistêmica.

O congresso nacional de homeopatia deste ano abordou o tema: Avanços da homeopatia clássica sistêmica aplicadas a medicina humana, veterinária, odontologia e farmácia. O evento contou com várias mesas de especialistas em homeopatia, que apresentaram de forma remota os seus trabalhos durante o simpósio, que aconteceu entre 13 a 15 de agosto.

<<LEIA TAMBÉM: Infecção por SARS-CoV-2 se apresenta mais branda na pediatria>>

Mesa de abertura da CONABRAH: Medicamentos sistêmicos

Desse modo, o primeiro dia do congresso nacional de homeopatia da Conabra, contou com a mesa médica dando início a descrição de um caso clínico, importante para o entendimento fisiopatológico das diáteses. Em resumo, apresenta a evolução do caso de uma paciente acompanhada pela clínica de homeopatia ABRAH – HSPM (Hospital do Servidor Público Municipal).

A questão levantada pela mesa médica, é em relação ao medicamento sistêmico.  Esse deve possuir uma ampla ação e ainda, deve estar ligado diretamente aos distúrbios da saúde, levando a autorregulação.

Dessa forma, é necessário avaliar o estado do organismo do paciente e então aplicar os critérios para identificar qual distúrbio tratar. De acordo com a sequência: incompatibilidade, causalidade, instalação, gravidade e marcação genética.

O destaque nesse caso está na incompatibilidade biotipológica, a qual é resultado de processos adaptativos, que serão tão melhores quanto mais próximos deixarem o sistema do seu padrão de organização original.

E conclui ainda, que a cura se dá pelo medicamento sistêmico, e não apenas pelo uso do circunstancial.

<< LEIA TAMBÉM: Combate ao COVID-19 e as estratégias que as instituições homeopáticas vêm adotando.>>

Uso dos medicamentos sistêmicos na medicina veterinária

O congresso nacional, contou com uma bancada veterinária, onde o Dr. Bruno Machado, apresentou vários casos clínicos em pequenos animais. Destacando a necessidade de saber o que está acontecendo com o paciente. E acima de tudo, tratar de forma específica.

Desse modo, demonstra a importância da repertorização, para encontrar o medicamento sistêmico adequado.

E ainda, apresentou casos clínicos bem sucedidos com o uso de medicamentos homeopáticos, que foram anteriormente tratados pela terapêutica convencional, sem evolução clínica positiva.

Dessa forma, demonstra que a homeopatia na veterinária traz a confirmação da sua efetividade.

Isoterápicos na geriatria: Resultados apresentados no congresso nacional de homeopatia

A terceira mesa do congresso nacional de homeopatia foi apresentada pela Dra. Andreia Cristina de Oliveira. Ela apresentou o título: Auto Isoterápicos: Casuísticas na farmácia. Nessa mesa Dra. Andreia inicia comentando o uso dos bioterápicos, presentes na farmacopeia brasileira. E ainda, lembrando a necessidade da farmácia possuir um laboratório específico para a isoterapia, principalmente os critérios nas coletas e procedimentos específicos a serem seguidos na manipulação.

Em sua exposição Dra. Andrea trouxe um caso clínico, mostrando a recorrente infecção urinária em uma paciente da geriatria. Esse paciente recebeu tratamento auto isoterápico e teve o material coletado para manipulação do isoterápico, que neste caso foi a urina.

Como resultado, é possível notar redução significativa da infecção por E. coli com essa terapêutica. E ainda, a necessidade do preparo de novas matrizes, nos casos de reinfecção e apresentação de outros agentes infecciosos.

Com isso, a mesa farmacêutica do congresso nacional em homeopatia, aponta que este estudo teve eficácia relacionada a essa faixa etária e ainda, que o uso isoterápico tem ação específica.

Acesse o site da ABRAH para maiores informações sobre o 20° Congresso Nacional de Homeopatia: http://www.abrah.org.br/

Acesse o canal da AMHB no You Tube e assista a transmissão da primeira mesa do Congresso Nacional de Homeopatia da ABRAH: