O doutor Marcus Zulian Teixeira, abordou o tema sobre epidemiologia clínica homeopática: premissas para a elaboração de estudos epidemiológicos e premissas para a elaboração de estudos epidemiológicos em epidemias, na Live apresentada no  canal da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira) na rede social YouTube.

O doutor Marcus Zulian  ressalta a importância da pesquisa científica, não apenas para a homeopatia, mas para a medicina como um todo. Ele aponta que a pesquisa tem o intuito de não apenas responder as perguntas chegando nas respostas que mais se aproximam da verdade, mas provar as verdades.

De acordo com ele, as pesquisas em homeopatia buscam responder as perguntas sobre a plausibilidade biológica do modelo homeopático, fundamentado  por evidências científicas sua aplicabilidade, respondendo as questões sobre as evidências clínicas.

<<LEIAM TAMBÉM: Medicamentos do Gênio Epidêmico da COVID-19.>>

Importância dos estudos homeopáticos na COVID-19

Doutor Marcus aponta ainda a necessidade das pesquisas científica para aprovação e implantação do uso da homeopatia no tratamento da COVID-19 assim como para a  incorporação desses novos medicamentos no sistema único de saúde (SUS). 

Assim como para distribuição geral do uso dos medicamentos homeopáticos. Para, deste modo, demonstrar a real eficácia e segurança do medicamento na população.

E ainda comenta que a segurança e eficácia para qualquer intervenção é fundamental. O uso de protocolos auxilia os estudos no uso de medicamentos na COVID-19. E ainda aponta que não se deve usar a homeopatia aleatoriamente, pois ela também  pode apresentar  efeitos colaterais. No entanto quando os estudos são bem elaborados, a homeopatia apresenta resultados benéficos.

Com isso, o doutor Marcus, comenta sobre as premissas para a elaboração de estudos epidemiológicos em homeopatia.  E quais os passos para seguir para alcançar um bom estudo.

Os conceitos da epidemiologia clínica são relembrados pelo doutor Marcus Teixeira, os quais devem ser aplicados em todos os estudos. Onde podem ser listados em: população e amostra; probabilidade, riso e estatística; medidas de efeito clínico ou risco; medida de precisão; validade interna e externa; confiabilidade e acurácia dos resultados; erro sistemático ou viés; erro aleatório ou acaso; significância clínica e estatística; tamanho da amostra e desfechos clínicos.

<<LEIA TAMBÉM:Divulgação de Protocolo para ensaios clínicos na COVID-19.>>

Episteme homeopática

O doutor Marcus aponta que existe a necessidade de incrementar a qualidade metodológica dos ensaios controlados randomizado homeopático. E comenta a necessidades destes estudos para a homeopatia, assim como a sua aplicabilidade.

Em relação aos princípios da episteme homeopática, o doutor Marcus, aponta a importância do princípio da similitude terapêutica. Como também a necessidade da individualização do medicamento, para se alcançar os resultados.

A realização de estudos observacionais descritivos, por meio dos relatos de caso ou série de casos, como também a realização dos estudos observacionais analíticos onde se tem os estudos de coorte, são empregados nas pesquisas homeopáticas. Além disso, destacam-se os estudos experimentais como o ensaio controlado randomizado.

O doutor Marcus ainda comenta sobre a necessidade da competência científica. E por meio desta Live, pode mostrar conceitos básicos para se iniciar um trabalho. E ressalta a importância desses nessa atual pandemia de COVID-19.

Assista ao vídeo completo da live da Rede Social YouTube. Não esqueça de se inscrever no canal e ativar as notificações: https://www.youtube.com/watch?v=EK7AFG2tLw0