Para a capacitação dos médicos homeopatas no enfrentamento à epidemia do Covid-19, o projeto “Homeopatia na Covid-19” disponibilizará aulas on-line para a reciclagem dos médicos voluntários.

É importante destacar que além de contribuir para um confronto efetivo à epidemia. O projeto também vai colaborar para a instrução do médico que se voluntariar no atendimento eletrônico da campanha.

O que é o projeto “Homeopatia na Covid”?

Esse projeto visa como meta o atendimento de forma virtual de todo paciente que tenham interesse no tratamento homeopático para o Covid-19, de modo gratuito e sem sair de casa, através de um site que está sendo programado.

O sistema de atendimento foi idealizado pelo Dr. Francis Mourão, de Curitiba e conta com o apoio de outros médicos de destaque no cenário da Homeopatia Brasileira, como a Dra. Monica da Cunha Oliveira, de Salvador e o Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho, de São Paulo. O programa conta ainda com o apoio e parceria da AMHB – Associação Médica Homeopática Brasileira.

<<LEIA TAMBÉM: Epidemiologia Clínica – Entenda o que é!>>

Parcerias do projeto “Homeopatia na Covid”

Além de ser totalmente gratuito para o paciente, o projeto também fechou parceria com a associação de farmácias homeopáticas. Isso quer dizer que os medicamentos de combate ao gênio epidêmico Covid-19 serão fornecidos com baixo custo aos usuários.

Da mesma forma os médicos que aderirem ao projeto, contaram com o apoio de um colega homeopata que atuará como um preceptor. Assim, estando perto da sua região, o médico poderá discutir sobre os casos que está atendendo e trocar experiências.  Mas de forma virtual sem que seja necessário o deslocamento dos profissionais.

<<LEIA TAMBÉM: Como é feita a elaboração de estudos homeopáticos?>>

Recomendações da capacitação médica para a plataforma “Homeopatia na Covid” 

Para o material selecionado para a capacitação e reciclagem dos médicos voluntários para atuar no atendimento aos pacientes com Covid-19, encontra-se uma série de  vídeos desenvolvidos pela comissão de treinamento do programa, onde vários colegas, mestres e doutores vão expor os detalhes necessários para o entendimento dos casos. 

E o estudo para a reciclagem traz ainda a recomendação de materiais para aprofundamento. Como o livro de Filosofia Homeopática de James Tyler Kent, em especial o capítulo 3, que aborda o gênio epidêmico.em 

Outro destaque é o primeiro artigo da Selecta Homeopathica de 1983, que traz contribuições do valor característico dos sintomas e ajuda muito a entender e modalizar os sintomas dos casos agudos.

Além disso, a doutora Mônica da cunha Oliveira recomenda a leitura do livro de casos agudos em homeopatia, publicado pelo doutor Cláudio Araújo, que será um dos profissionais que disponibiliza aulas online sobre esse tema, no período da realização da campanha.

Acima de tudo, fica o convite para os colegas homeopatas participarem da campanha homeopatia na COVID-19 e da capacitação que está sendo realizada com o intuito de instruir os atendimentos homeopáticos, nos casos agudos da COVID-19 para, que assim, se torne viável o enfrentamento da atual pandemia.  

Em conclusão, a participação e o engajamento dos homeopatas nesse projeto inovador, será uma grande diferença no atendimento à população afetada pela doença.Da mesma forma  que se tornará uma oportunidade de enriquecimento profissional para os médicos homeopatas.

Para participar da campanha homeopatia na COVID-19 acesse: https://homeopatianacovid.com.br/ 
Assista ao vídeo onde a Dra. Mônica da Cunha Oliveira dá as boas vindas e explica sobre o curso de capacitação: