O projeto Homeopatia na COVID-19 é uma iniciativa de acompanham médico homeopático, ambulatorial, individualizado, à distância e gratuito para pacientes com COVID-19.

Antes de abordar o assunto é preciso considerar o cenário que estamos enfrentando, o número de pessoas infectadas que cresce diariamente. Bem como o vírus que se transforma de um local para outro. E que apresenta manifestações clínicas bem diferentes conforme a região onde a doença está se desenvolvendo. Incluindo a falta de recursos terapêuticos com a qual estamos lidando.

Diante desse cenário não podemos ignorar as contribuições da homeopatia em epidemias anteriores. Onde temos o registro da ação da homeopatia durante esses episódios.

Segundo o Dr. Samuel Hahnemann a missão do médico é curar, além disso, a cura precisa ser rápida, suave e duradoura. Diversas equipes vêm trabalhando na busca de um medicamento, ou grupo de medicamentos, que pudessem ser usados nesse momento como uma opção de tratamento.

Em função disso a campanha foi desenvolvida, como uma ação, uma possibilidade de trabalharmos usando os medicamentos homeopáticos no tratamento desses pacientes.

<<LEIA TAMBÉM: Inteligência Emocional>>

O campo e limite de atuação do programa compreendem os pacientes que já possuem o diagnóstico de COVID-19 ou suspeitos.

Toda a campanha foi criada a partir de uma conferência de todo o suporte teórico homeopático, todo o embasamento homeopático. Para estruturar o atendimento desses casos que são agudos.

Como isso vai acontecer?

A proposta é realizar a aproximação do paciente com o médico, através de uma plataforma que foi criada especialmente para esta iniciativa. Uma plataforma que possibilita um atendimento de telemedicina do COVID-19. O acesso tanto dos médicos que farão o atendimento, quanto dos pacientes, está sendo estruturado de várias maneiras e formas, principalmente para ser capaz de incluir aquelas pessoas que estão mais distantes dos cuidados de saúde. Ou que têm mais dificuldade para acessar o que já tem disponível.

Já com relação ao funcionamento da plataforma médicos e pacientes vão precisar fazer um cadastro e gerar um login e senha. Para poder acessar um prontuário médico que estará num ambiente seguro e criptografado, de acordo com os critérios sigilo médico paciente.